Autorizações para Procedimentos de Baixa Complexidade

As autorizações para procedimentos devem ser solicitadas presencialmente na Seção Médica do IMASF, das 8h às 17h de segunda à sexta-feira, ou por encaminhamento de email para autorizacao@imasf.com.br, com antecedência mínima de 3 (três) dias úteis.

Para solicitar a autorização é necessário:

• Apresentar carteirinha e documento com foto;

• Apresentar o pedido médico com: nº do CID, hipótese diagnóstica, carimbo e assinatura do médico.

Só serão aceitos pedidos médicos emitidos há, no máximo, 30 (trinta) dias, no Estado de São Paulo. Conforme o caso, a auditoria médica poderá solicitar documentos complementares.

Exames que necessitam de prévia autorização Estudos Hemodinâmicos e angiografia;
Radiologia Intervencionista;
Ultrassonografia;
Tomografia Computadorizada;
Ressonância Magnética;
Medicina Nuclear “in vivo”;
Espirometrias e provas de função pulmonar (tisiopneumologia);
Endoscopia peroral incluindo nasofibrolaringoscopia;
Endoscopias diagnósticas;
Videolaparoscopias diagnósticas;
Procedimentos em neurologia clínica, exceto Eletroencefalograma (EEG) de rotina;
Diagnose em alergologia;
Densitometria óssea;
Mamografias em geral;
Diagnose e procedimentos em genética;
Diagnose em urologia;
Diagnose em otorrinolaringologia;
Diagnose em oftalmologia, excluindo os exames de tonometria e mapeamento de retina; e
Exames laboratoriais que apresentam diretrizes no rol da ANS.

Tratamentos NÃO cobertos Asilamentos;
Cirurgia plástica com finalidade estética e de rejuvenescimento
Despesas com equipamentos como: Cadeiras de rodas; Próteses externas; Próteses auditivas; Órteses; camas; Muletas; Mesas especiais, etc.
Despesas com medicamentos não reconhecidos oficialmente
DNA para investigação de paternidade
Doenças ou acidentes provocados por atos ilícitos
Exames e procedimentos para tratamento de fertilidade
Inseminação artificial
Internação em Spa
Mamoplastia exceto nos casos de mastectomia por problema oncológico
Medicamentos importados não nacionalizados
Tratamentos alternativos não reconhecidos oficialmente
Tratamentos não éticos
Vacinação
* e ainda, TODOS os procedimentos não constantes do Rol de Procedimentos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) - Lei Federal 9656/98 e alterações.